Fan Page

Conhece nossa página no facebook? Curte lá: facebook.com/igrejamaejd

Ouça ao vivo

17 abril 2015

NOSSA RESPONSABILIDADE COM A OBRA MISSIONÁRIA! (ROMANOS 15:14-29)


     Romanos, como sabemos é uma carta doutrinária cujo versículo chave se encontra no capítulo 1:16-17 e o tema central é a JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ. No capítulo 15 o Apóstolo Paulo compartilha com os irmãos o seu desejo de continuar expandindo a obra missionária e alcançando novas fronteiras.  Ele planeja  ir até à  Espanha e de passagem para a Espanha visitar Roma,  ficar um tempo com os irmãos daquela Igreja amada que ele anseia por desfrutar  da comunhão e descansar por um pouco na companhia deles.
     Dentre as verdades preciosas ditas pelo Apóstolo neste capítulo, gostaria de neste boletim três:
     Primeira, o desafio de continuar progredindo na missão evangelizadora  (v.14-15). Muitas vezes os crentes estão muito bem conscientes de suas responsabilidades, mas precisam ser sacudidos, desafiados, relembrados desta responsabilidade. Talvez seja esta uma das suas necessidades como crente em Jesus nestes dias. Deus nos atraiu para si mesmo mediante o operar da Sua Graça. Como diz o Apóstolo o que somos em Cristo é “por causa da Graça que me (nos) foi outorgada por Deus”. Ser chamado para proclamar o Evangelho da Graça de Deus não é mérito pessoal, é um chamado Divino que muito nos honra!
 A segunda verdade preciosa deste texto é todos nós somos chamados para ser Ministros de Cristo, ou seja, temos um chamado ministerial para cuidar das coisas sagradas. Evangelizar é uma obrigação e mais que isso é uma “Sagrado encargo” ( I Pedro 2:9).
     Terceira, não podemos perder o foco da missão - perder tempo com distrações, questões secundárias e superficiais. Cristo não nos chama para o entretenimento social e religioso, mas para carregar a cruz e pagar o preço do discipulado em caráter de urgência.
     Lamentavelmente temos tempo para as coisas materiais, para as redes sociais, para o entretenimento e não encaramos com urgência e integralidade a missão que Deus nos incumbiu de anunciar o Evangelho a tempo e fora de tempo!
     Quero lhe encorajar a meditar no texto em análise. Quero também deixar alguns desafios práticos que fará diferença na nossa dinâmica de vida cristã e que sinaliza um despertar para a  sublima missão evangelizadora da Igreja:
ü Envolva-se com os campos missionários da
nossa Igreja (Rm.15:21).
ü Esforça-te para evangelizar e ganhar
para Cristo uma pessoa do seu círculo de amizade (Rm.15:20)
ü Seja diligente em convidar, trazer e
dar atenção às pessoas que freqüentam os cultos da Igreja (;Busque Graça e poder do Espírito Santo para visitar pessoas na Plenitude de Cristo (Rm.15:29)
ü Comprometa-se em orar por missões e
contribuir em todos os cultos de missões no primeiro domingo de cada mês.
“Antes, como está escrito: Hão de vê-lo, aqueles que não tiveram notícia dele, e compreendê-lo os que nada tinha ouvido a seu respeito” (Rm15:21).     

Rev. Cloves Azevedo de Oliveira









    
     
 



02 março 2015

Jó: Homem de Deus e sacerdote em sua casa

Nossa sociedade está precisando de referenciais positivos. Através da Palavra de Deus trazida à Igreja na noite do último domingo (1) por meio do Rev. Cloves, um questionamento pertinente foi levantado: em meio a tanta libertinagem, impureza e abandono dos valores estabelecidos por Deus, o que as famílias têm feito para transmitir um legado de santidade às novas gerações? O que os homens e mulheres de Deus têm feito para investir em suas famílias?

Pois bem: um modelo a ser seguido é Jó. Homem mais rico, poderoso e influente da sua época, Jó não permitiu que as mais altas responsabilidades diminuíssem sua atenção e preocupação com sua família. Levantado por Deus como sacerdote em sua casa, ele passou por inúmeras provações e privações - mas manteve-se um pai e um esposo íntegro e reto. Temente a Deus. Ele vivia o que ensinava.

"Jó chamava seus filhos e os santificava":

- Jó cultivou a amizade dos seus filhos;
- Jó velava pela vida espiritual dos seus filhos;
- Jó era intercessor dos seus filhos.

Eram tempos difíceis, mas Jó manteve-se perseverante no seu casamento e foi esposo zeloso, até mesmo no momento de grande crise. Foi suporte da sua esposa. Foi esposo fiel, sendo decidido a não pecar com os olhos, apesar das suas fraquezas. Foi pilar da sua família. E o Senhor o recompensou.

Ref.: Jó 1 - 5; Tiago 1-12




A PARTIR DE QUE IDADE DEVO ENCAMINHAR MEU FILHO À EBD?


Ao contrário do que muitos pais pensam, o processo de aprendizagem se inicia antes mesmo da criança atingir o primeiro ano de vida. Na IPBJD temos uma experiência bastante significativa com a Classe Jardim de Cristo, da Professora Ana Amélia, que atende crianças de 0 a 2 anos.

De forma dinâmica e criativa, a Pró Ana leva a Palavra de Deus às crianças com histórias bíblicas utilizando de objetos, sons e linguagem que contagia pais e crianças possibilitando até a memorização de versículos bíblicos mesmo sabendo, nesta fase as crianças ainda estão desenvolvendo a fala.
Este ano a Classe Jardim de Cristo ganhou uma ornamentação toda especial e aconchegante para acrescentar no trabalho desenvolvido pela Pró Ana e suas auxiliares.
Obviamente, a responsabilidade de ensino da Palavra de Deus às crianças não é exclusivamente do Departamento Infantil, pelo contrário, o Departamento Infantil acrescenta saberes que devem começar em casa com os pais.


SAF da IPBJD Completa 81 Anos de Organização

No último sábado (28/02/2015) a Sociedade Auxiliadora Feminina da Igreja Presbiteriana do Brasil em João Dourado teve um dia repleto de atividades que marcaram a comemoração dos 81 anos de organização do grupo.

Pela manhã a diretoria se reuniu com o Reverendo Cloves para discussões de interesse do departamento e aprimoração do seu crescimento.




A tarde todas as sócias se reuniram para um momento devocional e social onde tiveram acesso a leitura da primeira ATA do grupo, bem como informações históricas que trouxeram a reflexão da importância do trabalho desenvolvido pelo grupo todos esses anos e a necessidade de continuidade com empenho para que a obra de Deus seja realizada pelo grupo.

No momento social as irmãs participaram de dinâmicas e exercícios com as fisioterapeutas Ana Alice e Denise Vasconcelos que palestraram e refletiram sobre a qualidade de vida.
Louvamos a Deus pelo dinamismo das mulheres da nossa igreja e seu compromisso com Deus.

26 fevereiro 2015

110 Anos IPBJD


Estão se aproximando os dias de festa em nossa igreja para a comemoração dos 110 anos de existência. Você é nosso convidado especial a participar deste momento que contará com a presença do Rev. Gidiel Câmara para ministração da palavra e do cantor Armando Filho para ministração do louvor (dias 07 e 08).

Carta Missionária - Laurene Alexandre

Fevereiro de 2015

A Graça e paz vos sejam multiplicadas.

Graças a Deus que tem nos dado a bênção de seguirmos com a Base Jocum em Praia – Cabo Verde. Depois da escola ETD, logo veio a ETED em 2014, que aconteceu por cinco meses, com quatro alunos internos e dois ouvintes. Foram quatro discipuladores voluntários em períodos diferentes (Abia, Rosilda Carla e Pablo). Em nosso curso prático, atendemos duas ilhas do País, apoiados pela Igreja Nazareno. Dias de frutos e  restauração. Atuamos com: preleções, estudos, intercessão, evangelismo e teatro. Foram aproximadamente 150 conversões. Vejam:



 



Solidariedade
O calor estava muito forte em Pedra Barro, um bairro de Assomada, em Cabo Verde, África, de repente, em meio à criançada, a movimentação de um garotinho prá lá e prá cá, me chamou a atenção. Ele enchia uma tampinha com água e levava para o irmãozinho beber. Derramava mais do que bebia. Consegui pegar uma sequência mas logo alguém ralhou com ele (um adulto, com certeza), para que parasse com aquilo e me tirou a oportunidade de fotografar todo o trajeto - ida à fonte da água ao irmãozinho.

Diógenis Santos - Brasileiro (Fotógrafo-Voluntário em C .Verde.)


De volta a Cabo Verde depois de rápidas férias, ali no Brasil pude rever amigos, familiares, fazer novos relacionamentos, cuidar  um pouco da saúde, onde recebi ajuda e cuidado de bons amigos, visitei e preguei em algumas igrejas a saber Comunidade Videira em Feira-Ba; Comunidade Vida Nova-Ssa; Ig. da Cidade-Ssa; Igreja Evangélica Portas Aberta-MG, IEQ. Parque das Nações; IEQ das Aldeias-Barueri S.P e Ig. Presbiteriana de João Dourado-Ba. Foi um tempo maravilhoso e de muito cuidado de Deus. Agradeço a cada irmão pelo amor.






SONHOS REALIZANDO -     


No ano de 2012, começamos   a  sonhar com um evento direcionado especificamente para pastores e líderes, com o objetivo de fortalecer a liderança para um avanço do evangelho em Cabo Verde. O evento nasceu; sentimos que podemos fazer um pouco mais e a Miss. Rogelma sonhou conosco. O Pastor Marcos de Souza Borges-Coty e equipe da  Base Almirante Tamandaré e a igreja local se uniu nesse desafio, e todos, voluntariamente, se dispuseram a vir. Assim, iremos atingir um nível maior e o cumprimento da grande comissão. Para tanto, a essência desta mensagem é a relação entre a conquista e a consagração.

“Será para os sacerdotes santificados, para os filhos de Zadoque, que cumpriram o seu dever e não andaram errados, quando os filhos de Israel se extraviaram, como fizeram os levitas.”  (Ezequiel 48.11)
Tudo o que alcançamos em nosso relacionamento com Deus (e também no ministério) está direta e proporcionalmente ligado à dimensão do nosso compromisso e entrega. A nossa santificação determinará não apenas quão longe iremos e o quanto conquistaremos, mas também o que conseguiremos manter e preservar depois dessas conquista. (transcrito).

 A Eifol – Escola Integral de Formação de Libertadores propõe uma abordagem baseada em princípios e valores bíblicos com o intuito de: Promover um pastoreamento inteligente, contextualizado com a demanda desta atual geração. Ferramentalizar conselheiros, psicólogos, pastores e líderes através do Padrão de Aconselhamento na Libertação. Investir na saúde da igreja e no seu crescimento qualitativo, promovendo uma oportunidade sólida para restauração de líderes e pastores em dificuldade. Investir também no crescimento e treinamento de pessoas interessadas em aconselhamento.
 (http://www.eifol.com.br CONTEÚDO “Padrão de Aconselhamento, Pastoreamento Inteligente. Prumo Divino, Paternidade e Identidade, Laços Sanguíneos, Diferentes Tipos de Família, Estrutura Familiar  e Oficina da Alma. A Celidalva 3*, O Jonas 6* Também ministraram na EIFOL. O Mirinaldo  (2* à direita) ministrou paralelo a EIFOL o Seminário” Oficina Da Alma “Os demais trabalharam com aconselhamento. Foram 95, participantes na EIFOL,5 Angolanos e 25 da Oficina.Esse é um novo tempo para essa Nação. Continuemos em oração. Próximo desafio será Escola ETED.

Obrigada por estar comigo em missões. Deus te abençoe.
Missionária Laurene Alexandre
                              
                                                                                  
A Deus toda honra e toda glória!! Obrigada a cada participante, veremos os frutos, sigamos em fé. 
         
                  
Para participar desse ministério como voluntário(a) ou com adoção, entre em contato pelo meu e-mail: launacoes@hotmail.com  ou facebook: Laurene Alexandre.

08 dezembro 2014

Agenda Especial para o mês de Dezembro


Aos membros da Igreja Presbiteriana do Brasil em João Dourado, informamos os eventos além da rotina da IPBJD que acontecerão no mês de dezembro e pedimos atenção aos amados para que participem com atenção especial à Reunião Ordinária do Presbitério de João Dourado, que acontecerá nos dias 19,020 e 21, na IPB Betel, e deve ter relatórios e participação ativa de todos os departamentos da IPBJD.


INTEGRIDADE!


Estamos elegendo nossos líderes nestes dias! Sabemos da grave crise de integridade que vive a nossa nação e não podemos negar o fato de que esta crise atinge também a liderança evangélica brasileira. Quero aproveitar o momento dedicar a nossa reflexão do boletim esta semana falando sobre o tema, numa abordagem baseada no capítulo do livro de J.C. Maxwell – DESENVOLVA SUA LIDERANÇA.

“O dicionário define integridade como “o estado de ser completo, uno”. Se tenho integridade, minhas palavras e minhas ações se entrosam. Sou quem sou, não importa onde me encontre ou com quem esteja.

          Infelizmente, integridade é um artigo em extinção nos dias de hoje. Os padrões pessoais estão desmoronando num mundo engajado numa perseguição sem tréguas ao prazer pessoal, enveredando por atalhos para alcançar o sucesso a qualquer preço. Num formulário de pedido de emprego uma das perguntas era: “Já foi preso alguma vez”? O candidato escreveu NÃO em letra de fôrma no espaço correspondente. A pergunta seguinte era feita em função da resposta à pergunta anterior. Indagava: “Por quê?”. Não se dando conta de que não tinha que responde-la, o candidato “honesto” mas sem dúvida ingênua, sapecou: “Acho que é porque nunca me pegaram”.

Uma pessoa íntegra não admite lealdades divididas (isso é duplicidade), nem simplesmente faz de conta (isso é hipocrisia). Pessoas íntegras são pessoas ‘inteiras’; elas são identificadas por sua coerência de propósitos. Pessoas íntegras não tem nada a esconder e nada a temer. Suas vidas são livros abertos... A integridade não é tanto o que fazemos mas o que somos. E o que somos, por sua vez, determina o que fazemos... O que as pessoas precisam não é de um slogan para repetir, mas de um modelo para ver”.

Que o nosso Deus derrame Graça e Unção sobre nós líderes da Sua Igreja para que sejamos um modelo para o rebanho que Ele colocou sob os nossos cuidados.

     Rev. Cloves Azevedo de Oliveira