Fan Page

Conhece nossa página no facebook? Curte lá: facebook.com/igrejamaejd

Ouça ao vivo

25 maio 2015

OS BENEFÍCIOS EM SER UMA FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS



Salmo 16
O que é um benefício? É um bem que é feito. Algo útil, necessário e importante. Geralmente algo que é feito por outrem. Os benefícios não são feitos pelo próprio em função de si mesmo. Mas uma ação do outro em função da gente.
O grande benefício em ser uma família segundo o coração de Deus é ser guardado, protegido, amparado pelo Senhor. Em tempos de tamanha insegurança em todos os aspectos da vida humana nada melhor do que saber que em Deus somos guardados.

1. Somos guardados porque Deus é o nosso Senhor - vs. 1,2
Vivemos hoje um tempo de poucos servos e muitos senhores. A tônica da vida tem sido sucesso, celebridade, domínio.  Servir é um verbo conjugado por poucos. Queremos nos eleger senhor quando na verdade somos servos. No Reino de Deus só existem dois tipos de pessoas. Senhor, que é Jesus, e unicamente Jesus. E servos, que somos nós. O reconhecimento de nossa posição de servos significa a não vinculação ao Reino de Deus. A consciência de que queremos, e somos uma família segundo o coração de Deus, nos faz entender e viver sob seu senhorio. Isso é bom! É maravilhoso! Deus está no comando.

2. Somos guardados porque temos um conselheiro especial - v.7
Vivemos um tempo de muitos “conselhos”, mas poucos conselheiros. Existe muita falação e enunciados de propostas e direcionamento, mas poucos conselheiros. A família segundo o coração de Deus, conta com o benefício de ter um conselheiro real, capaz, eficiente e eficaz. Os conselhos do Senhor em sua Palavra superam toda sabedoria humana e todos os livros juntos. São conselhos maravilhosos de um genuíno conselheiro.

3. Somos resguardados porque na presença do Senhor há fartura - v.11

Não queremos escassez em nossa vida nem em nossa casa. A escassez traz medo, dor, ansiedade e até mesmo a possibilidade de uma busca em caminhos tortuosos. Em Deus há fartura. As riquezas de sua glória suprem nossas necessidades e anseios. Na presença do Senhor há delícias perpetuamente. A família precisa vivenciar esse benefício da presença do Senhor. Por isso, estar diante de sua face é algo profundamente alimentador, sustentador e consolador.

17 maio 2015

III Manifesto em Defesa da Família

A terceira edição do Manifesto em Defesa da Família acontecerá no dia 31 de março de 2015 pelas ruas de João Dourado proclamando em alta voz os valores e princípios estabelecidos por Deus para a Família e, consequentemente, posicionando-se contra a nova moralidade que tem se levantado contra a Família nos últimos dias.
Este também é seu posicionamento em relação à Família? Junte-se a nós. Dia 31/05/2015 a partir das 15 h.

15 maio 2015

O PREÇO DE SER UMA FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS





Salmo 40

Da palavra preço vem a palavra precioso. Preço é algo pago, comparado a algo de valor. A família é um bem precioso. Investir na família é algo surpreendente e necessário.  Nesse bem valoroso existe um preço. Qual é o preço em ser uma família segundo o coração de     Deus? É o preço da paciência ou perseverança no Senhor.
Vivemos um tempo em que a impaciência toma conta e agita as pessoas. O estresse, o desejo de ver as coisas acontecerem de imediato, é algo tremendamente experimentado hoje. Pensa-se no hoje e no agora. As famílias não sabem mais o que é planejamento. O que é lutar para perpetuar os valores éticos, morais e espirituais que alicerçam a família conforme os ditames de Deus que a criou. O mundo agitado tem forjado atitudes do descartável. Pior do que os descartados materiais, o não mais aproveitamento das coisas materiais, é quando descartamos as emoções e sentimentos, quando descartamos as atitudes. Tudo isso em função da falta de paciência. O faz da paciência um preço para a família ser segundo o coração de Deus?

A paciência nos faz alcançar o tempo de Deus - v1
O tempo é algo comum a todos nós. É a duração de alguma coisa, de um fato, de um ocorrido. É o que determina os períodos, os momentos, enfim é algo que vivenciamos, mas que não é tão fácil de ser conceituado. Existe o tempo do homem, no sentido daquilo que nós planejamos e executamos e existe o tempo de Deus, dentro de sua vontade, seja ela expressiva ou permissiva. A paciência e/ou a perseverança é algo grandioso em termos de sabermos que existe um tempo do Senhor.
Esse é um preço para a família que deseja alcançar ares totalmente divinos. A família precisa exercer a paciência para que o tempo de Deus seja deliciosamente vivido.

A paciência nos faz experimentar a ação de Deus - v2
A paciência nos faz viver a ação de Deus que traz benefícios para a nossa vida. Ela nos conduz a experimentarmos momentos que deixam de ser superficiais e nos faz mergulhar em experiências consistentes, no caso, no tempo de Deus. O texto diz que o salmista esperou com paciência e aí vivenciou a ação divina. Deus se inclinou e ouvir o seu clamor. As famílias precisam viver a realidade da ação divina. O nosso Deus é o Deus que age. Exercite a paciência e verá grandes coisas do Senhor acontecer em sua casa.

A paciência nos faz cantar o cântico de Deus - v3
O preço da paciência na família que quer alcançar uma vida segundo o coração de Deus, faz da família uma verdadeira adoradora e testemunha da fé. Um novo cântico na boca dá a ideia de algo novo, bom e que sai da alma. Cantar não é apenas um exercício do sistema fonoaudiológico e nem apenas da articulação dos maxilares. Cantar é experiência da alma, brota no coração, traz alegria e expressa alegria. A família segundo o coração de Deus é uma família que, mesmo em tempos de lutas, sabe que o Senhor tem colocado um cântico novo, de fé, esperança e determinação.
Famílias queridas, o preço de ser como o coração de Deus é o preço da perseverança, mas esse preço deixa de ser penoso e torna-se precioso, porque nos conduz ao tempo de Deus, à ação de Deus e ao cântico ao Senhor.



11 maio 2015

PEQUENOS GRUPOS NOS LARES

Os cultos de doutrina da quinta-feira foram alterados para os Pequenos Grupos de Estudo para dar seguimento aos assuntos do tema do mês da Família. Fique atento aos endereços e não deixe de participar dos pequenos grupos de estudo "Família Segundo o Coração de Deus"


IX Semana Anual de Oração Pelas Famílias - A FAMÍLIA NO ALTAR

VEM AI a IX Semana Anual de Oração A Família No Altar (25 a 31 de maio)


Os cultos serão transmitidos AO VIVO no site www.ipbjd.org e você que é membro da IPBJD ou familiar de membro e não estará na cidade nesses dias poderá participar enviando-nos vídeos, fotos ou mensagens para serem exibidas no culto e, de certa forma, nos aproximar ainda mais. Fique ligado na programação. 


09 maio 2015

POR QUE SER UMA FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS?



    Salmo 103
                                                                                                               
Porque somente uma família assim estará apta para celebrara a graça de Deus. Bendizer o nome do Senhor. Porque uma família segundo o coração de Deus não se esquece de todos os seus benefícios.  O esquecimento de Deus é algo notório na vida humana. Quando nos identificamos com a família para vivermos em harmonia, com o coração de Deus, reconhecemos a sua graça e bendizemos ao Senhor. Não há esquecimento de seus feitos regulares e miraculosos. Ei-los:

Porque uma família segundo o coração de Deus vivencia a redenção-v3,4
Davi usa as palavras perdão e cura para expressar muito bem a redenção vivenciada. Perdão e cura são o que as famílias mais precisam experimentar. Existem muitas dores e mágoas. Sofrimento e dor precisando de uma eficaz libertação, seja no aspecto espiritual e transcendente, seja no aspecto emocional e presente. É preciso ser uma família assim porque Deus quer que a família seja salva. Está escrito: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e tua casa”. Jesus declarou que ele veio para nos dar vida e vida em abundância. Essa vida pode ser considerada além do aspecto de salvação eterna, é também no sentido de qualidade de vida hoje e agora, porque a vida eterna começa quando aceitamos a Jesus. Portanto começa aqui e agora.

Porque uma família segundo o coração de Deus pode viver a experiência de uma viva e real renovação -v5
Usa-se aqui a figura da águia, que é sabido de sua transformação e renovação para poder viver mais tempo ainda. A palavra diz que Deus renova o nosso interior. A verdadeira renovação e jovialidade são experimentadas pela alma. Em tempos de preocupação, justa até, mas podendo se tornar exagerada quanto ao corpo, existe uma verdadeira receita para a família ser modelo de jovialidade, que é uma renovação permanente, ativa e interior.


Porque entende e pratica o louvor bem direcionado - v1
Isto é algo grandioso, completo. É com o mais do ser. O âmago. Não é superficial, é com compromisso. Bendize a minha alma e com tudo que há em mim. Não deixamos uma parte de fora desse louvor e reconhecimento. Isso é possível quando a família é segundo o coração de Deus. Adoramos e o servimos com inteireza de vida. A família precisa ter essa compreensão. É com todo entendimento, força e alma.